TRADUTOR

sábado, 25 de julho de 2015

CIÊNCIA E MATÉRIA

O universo sempre existiu, mas o Big Bang, não
Leon Carlos, TMB Argentina, membro do Comitê de Ligação pela IV Internacional
Folha do Trabalhador #22, março de 2015

A teoria do Big Bang afirma que o universo teve sua origem a partir de uma “grande explosão”. Por várias décadas, esta foi a teoria dominante para explicar o desenvolvimento inicial do universo.

Mas, foram descobertas “supernovas”, corpos celestes que se assemelham a nuvens brilhantes e são nascidas da explosão de estrelas, cuja existência contradiz a possibilidade da existência de um “Big Bang”. Existem várias teorias que tentam resolver os problemas do “Big Bang”. uma delas é a do físico Wun Yi Shu, de Taiwán. A teoria de Shu estabelece que o espaço e o tempo não são elementos independentes. Segundo ele, o universo teria 4 dimensões, 3 são as dimensões do espaço, altura, largura, profundidade. A quarta dimensão seria o tempo.

A teoria do Big Bang compreendia o universo como sendo plano. Nas novas hipóteses levantadas por Shu, que até agora se demonstraram mais coerentes, o universo seria uma imensa esfera de 4 dimensões, sem princípio nem fim em termos de espaço e tempo, convertendo-se um no outro, pois na medida que o universo se expande, o tempo vai se transformando em espaço.

A ideia do Big Bang sofre uma clara influencia religiosa de que tudo foi criado do nada por obra de um ser supremo, um Deus. Seu autor foi o padre belga Georges Lemaître, que tratou de direcionar a teoria de Einstein para justificar a sua ideia do criador originário, dando assim origem ao Big Bang.

domingo, 19 de julho de 2015

TEORIA LENINISTA

A revisão de Lenin do "Que fazer?"
Acerca da organização de revolucionários profissionais, da superação do sectarismo pela construção de um partido de trabalhadores comunistas, da relação entre o espontâneo e o consciente e entre a luta econômica, o partido e os sindicatos

No texto abaixo, após a experiência de Revolução de 1905 e seus primeiros desdobramentos para a luta de classes na Rússia, Lenin justifica os "exageros" da luta pela criação de uma organização de revolucionários profissionais contra a tendência ao economicismo nos primeiros anos do século XX. Simultaneamente o fundador do bolchevismo assinala a importância histórica da luta pela afluência de elementos proletários ao partido ligada a uma atividade legal do mesmo junto às massas como condição para que a organização supere o estágio germinal inevitável de círculos intelectuais desarticulados e isolados das massas, rompendo com as tradições sectárias, de 'luta de extermínio' entre os pequenos núcleos e deixando de lado as querelas inerentes à vida desses círculos para consagrar suas melhores forças às obrigações dos bolcheviques as tarefas correspondentes ao momento histórico. Lenin defende o justo combate por estabelecer os métodos organizativos do marxismo revolucionário contra os inimigos do bolchevismo e também retifica suas posições acerca da relação entre o espontâneo e o consciente e a relação entre o partido e os sindicatos. Lenin revisa o bolchevismo, aprimorando-o até que 15 anos depois de fundado este partido dirige a primeira revolução comunista da história da humanidade.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

GRÉCIA - TR/FCT

Cavalo grego
por Mário Medina, Tendência Revolucionária, Frente Comunista dos Trabalhadores
 
Os ânimos estão exaltados na Grécia, e não é para menos. Dez dias depois do referendo em que cerca de 60% dos votantes rejeitou ceder às negociações com a troika, o parlamento grego votou acordo com países da União Européia pela liberação de um pacote de 85 bilhões de empréstimo, a ser recebida ao longo de três anos, com a condição de que o governo grego enxugue gastos com previdência, aumente impostos e privatize estatais que andam no vermelho.

O CAMINHO DA CAPITULAÇÃO

Após demonstrar vacilação nos primeiros momentos como governo, onde abriu diversas concessões aos credores, o primeiro-ministro Alexis Tsipras recorreu a um referendo para que a população endossasse seu posicionamento de não abrir mais concessões nas negociações. Tsipras fez aberta propaganda pelo ``Não`` e deixou entender que se o ``Sim`` ganhasse renunciaria, pois se negaria  a gerenciar a austeridade proposta pelo imperialismo europeu.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

BILL HUNTER ( 1920 - 2015 )

Obituario del trotskista Bill Hunter
1920-2015
por Gerry Downing, Socialist Fight, Gran Bretaña, Comité de Vinculación por la IV Internacional
english version original from Socialist Fight


El joven Bill Hunter
Este obituario busca seguir la tradición marxista, que trata de no de pasar por alto las diferencias, pero sólo para decir la verdad sobre Bill y que nos permita entenderlo a el. Por tanto, es un documento político partidista y no me disculpo por ello. Pero creo que no se puede rendir homenaje a un trotskista serio como Bill Hunter sin evaluar su debilidad, así como sus puntos fuertes. G.D.

Bill Hunter murió el 9 de julio, después de una caída en su casa de Liverpool [que provocó un accidente cerebrovascular].

En la introducción de su autobiografía, “Lifelong Apprenticeship – Life and Times of a Revolutionary” [Aprendizaje permanente – La vida y obra de un Revolucionario] da los siguientes detalles biográficos:
"Esta es una autobiografía política con una diferencia. Nacido en el seno de la clase obrera de Durham, seis años antes de la huelga general de 1926, Bill Hunter se ha mantenido fiel a su clase y dedicado su vida adulta a la lucha contra el capitalismo, y en contra de los apologistas del capitalismo en el Partido Laborista y el Partido Comunista.Un trotskista a la edad de 18 años, es ya delegado sindical de la fábrica, a los 21 y un, concejal, a los 32, Bill Hunter recibio algunos golpes duros, incluyendo la expulsión burocrática del Partido Laborista en 1954. Aquí, recuerda estas batallas con humor y anécdotas y pruebas documentales.Estas páginas son llenas de bocetos en miniatura de un trotskista y un luchador de la clase obrera de la época antes, durante y después de la Segunda Guerra Mundial: con Harry Wicks, Hugo Dewar, Reg Groves, Gerry Healy, Ted Grant, de Tony Cliff, John Lawrence y el campeón de los estibadores, Harry Constable. Hay un retrato cariñoso de la compañera de toda la vida de Bill, Rae. Los héroes del libro son los estibadores, trabajadores de construccion y los mineros en cuyas luchas Bill jugó una parte, ya sea directamente como delegado sindical o como editor durante la vida de la revista izquierdista Perspectiva Socialista (1948-1954)". [1]

domingo, 12 de julho de 2015

INTERVENÇÃO DE LEVI NO “A CRISE DO IMPERIALISMO,..."

"O principal inimigo da classe trabalhadora
é o imperialismo americano,
que domina o capital financeiro mundial"

No dia 05 de julho de 2015 foi realizado um representativo debate político internacional em São Paulo.

Estiveram presentes 3 agrupamentos internacionais (CLQI, RCIT, LCC) e 7 organizações políticas. Pela Frente Comunista dos Trabalhadores estiverem a Liga Comunista e a Tendencia Revolucionaria (Brasil), um representante da Tendência Militante Bolchevique (Argentina), a Corrente Comunista Revolucionaria (Brasil), um membro da Revolutionary Communist International Tendency (Áustria), a Liga Comunista de los Trabajadores (Argentina) e uma representante do Comité de Ligação dos Comunistas (Brasil).

sábado, 4 de julho de 2015

CUBA - USA

The new US-Cuba agreement and
the struggle in defence of the workers’ state

LCFI, Coletivo Lenin and Tendência Revolucionária

Em Português - 28/12/2014

After 18 months of secret talks between the US and Cuba, mediated by Canada and Pope Francis, the two countries held the first gestures of rapprochement in half a century with the release of prisoners that both countries kept from the other. But ending the economic, commercial and financial blockade imposed by the United States on Cuba depends on the US Congress, which must vote on the end of the Torricelli and Helms-Burton laws. However, those who defend the blockade are the majority of both houses of Congress.

REFERENDO GREGO

Abaixo a UE, a Troika e o FMI, por uma saída proletária e revolucionária para a crise capitalista, pelos Estados Unidos Socialistas da Europa! Vote NÃO!

Comitê de Ligação pela IV Internacional - 04/07/2015

Alexis Tsipras, primeiro-ministro grego
O Comitê de Ligação pela IV Internacional apela aos trabalhadores gregos, pequenos agricultores e seus aliados de classe média a votar NÃO (OXI, em grego) no referendo no domingo 5 de julho. Nós pensamos que a realização de um referendo foi um erro tático, mas que se insere no conjunto da estratégia política do Syriza errada de tentar negociar para salvar o capitalismo grego, em oposição à derrubada revolucionária do capitalismo na Grécia, na Europa como um todo e no mundo.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

Golpistas da Câmara aprovam redução da maioridade penal

Espaço Marxista – Frente Comunista dos Trabalhadores

A Câmara dos Deputados, mediante manobras de seu reacionário presidente, Eduardo Cunha, conseguiu aprovar em primeiro turno de votação a redução da maioridade penal, isso após a medida ter sido rejeitada no dia anterior (aqui). Com isso, os canalhas do parlamento não apenas passaram por cima da Constituição - que em seu art. 60, §5º, proíbe que propostas rejeitadas sejam reapreciadas na mesma sessão legislativa, isto é, no mesmo ano - como deram mais um exemplo do recrudescimento da fascistização dos dias de hoje.

BRAZIL - OPERATIONS COUP OF IMPERIALISM

The arrest of a class enemy by
orientation of the greatest of all enemies (the imperialism)
Original em Português - Liga Comunista - Frente Comunista dos Trabalhadores - 26/06/2015

RULE, EXCEPTION AND
PRISON OF A VERY EXCEPTIONAL PERSON IN JAIL

Marcelo Odebrecht is the largest boss to be arrested in the history of Brazil. The rule of the class struggle under capitalism is that only the poor go to jail. Brazil IS overcrowded workers and sectors coming from our class who were pushed to the social marginalization by capitalism.

But even to appear to "defend the public interest" justice of the rich against the poor opens one or two exceptions, leading to the jail either a Playboy or public officer also when they “put their foot in the jackfruit” (commit a great crime). There are even more exceptional case when in a bitter dispute interburguesa, the loser falls from grace, is kicked out of class and also put in jail. Aside from that, bankers and businessmen only go to jail for some legal-media pyrotechnic with very short duration.